• 27 de fevereiro de 2024

Prefeitura na Rua levou boas notícias aos canoenses

 Prefeitura na Rua levou boas notícias aos canoenses
PMC

A chuva fina da manhã deste sábado, 19, não espantou a comunidade do Bairro Guajuviras que compareceu na 36ª edição do Prefeitura na Rua. O evento foi marcado pela assinatura e anúncio – feito pelo prefeito Jairo Jorge – do início do processo de regularização fundiária de 2 mil lotes, totalizando um investimento municipal de R$ 1.065.900,00. A iniciativa vai trazer tranquilidade para centenas de famílias dos bairros Guajuviras, Estância Velha e Olaria que, em breve, receberão a escritura de posse dos terrenos onde vivem.
Outra ação que mudará a realidade de cerca de mais de 160 canoenses, foi a assinatura de adesão de mais quatro cooperativas que atuarão na Coleta Seletiva de Canoas. Com estas, o município totaliza 8 organizações de catadores de materiais secos recicláveis, que atuam nas quatro regiões da cidade gerando renda, profissionalismo e inclusão. O investimento anual será de R$ 6.796.701,60.
“Hoje é um dia duplamente especial. Ao invés da comunidade ter que pagar para fazer a regularização é a Prefeitura que está pagando. Assim como era no passado, quando eu tive a honra de ter sido prefeito. Já regularizamos 14 mil lotes e continuamos. Estamos realizando o sonho dessas centenas de pessoas, de serem donas dos seus terrenos”, falou Jairo.
O prefeito destacou, ainda, que a inclusão de mais quatro cooperativas, além de ampliar a participação destes trabalhadores, expande o serviço de coleta seletiva em Canoas. “Precisamos e estamos avançando neste sentido. O trabalho dos recicladores não é fácil. Estas pessoas estão transformando o lixo em renda e, graças a este trabalho, é que estamos recuperando o meio ambiente, a cidade e gerando renda para mulheres e homens que estão nas cooperativas.” Lembrou que, em 2009, Canoas foi a primeira cidade do Brasil a fazer um contrato direto com as cooperativas. Um exemplo que depois virou obrigatoriedade em todo o país.
A dona de casa Joice Silva de Souza foi com a filha Fernanda confirmar se, de fato, a regularização tão esperada se tornará realidade. “Estou muito feliz. Tirei todas as minhas dúvidas e ouvi do próprio prefeito e do secretário que, agora, a regularização vai acontecer. A espera de muitas famílias por este direito vai acabar.”
A recicladora Ana Cláudia Silveira Rosa, comemorou a adesão de mais cooperativas. Lembrou que, assim como ela, centenas de mulheres têm a reciclagem como profissão e, muitas vezes, o único sustento de suas famílias. “Levamos anos para sermos reconhecidas e, aqui em Canoas, temos este reconhecimento.” Conta que há 14 anos trabalha na reciclagem e, graças ao apoio do município, pode se capacitar. “Passei pela triagem, pelo setor administrativo e hoje sou coordenadora financeira da COOARLAS”, falou orgulhosa.
O Prefeitura na Rua teve a presença de todas as secretarias municipais. A comunidade, além de falar com os gestores públicos, pode colocar a vacinação em dia, tirar dúvidas sobre programas e benefícios, retirar mudas de árvores e plantas nativas, entre muitos outros serviços.
Um dos espaços mais procurados foi o do Urban95, na ocasião com a participação da equipe da Secretaria de Cultura e do oficineiro João Batista do Clube do Toquinho. Nele, os pequenos, como Jonathan Gabriel, de 4 anos, puderam brincar e se divertir construindo carrinhos, casas e bonecos apenas com toquinhos de madeira e cola. “Ele está amando. Não quer ir pra casa”, contou a mãe de Jonathan, Vanessa da Silva Ferreira.

Escritório de Comunicação – PMC

Canoas Mais

Noticias Relacionadas