• 4 de março de 2024

Polícia Civil inicia operação para identificar e localizar pessoas desaparecidas durante as enchentes

 Polícia Civil inicia operação para identificar e localizar pessoas desaparecidas durante as enchentes

A Polícia Civil (PC), além das ações e operações humanitárias que vem realizando desde o início das enchentes no Vale do Taquari, iniciou no sábado (9/9) a Operação Desaparecidos para determinar, com mais clareza e exatidão, o número exato de pessoas não localizadas e auxiliar na busca das pessoas desaparecidas.

Os policiais realizarão diligências nos sete municípios mais atingidos pelos recentes acontecimentos (Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Lajeado, Muçum e Roca Sales), em um esforço concentrado para esclarecer e sanar eventuais inconsistências nas listas de desaparecidos.

Para tais diligências, dez equipes, em um total de 35 policiais civis que trabalham na capital, deslocaram-se para as localidades atingidas, somados a mais 83 servidores policiais da região, perfazendo um total de 118, que contam ainda com dez viaturas.

As equipes entrarão em contato com familiares de desaparecidos e realizarão investigações detalhadas para garantir que o número total seja o mais preciso possível.

Em parceria com o Instituto-Geral de Perícias (IGP), a polícia notificará as famílias afetadas, iniciando imediatamente o processo de coleta de DNA, fundamental para facilitar a identificação de possíveis vítimas.

Os dados serão disponibilizados de forma informatizada para que outros órgãos possam acessar e contribuir para a resolução da situação.

O chefe da Polícia Civil, Fernando Sodré, enfatizou a importância da colaboração e coordenação entre as várias instituições envolvidas nesse esforço conjunto. “Estamos à frente na busca pela precisão dos números de desaparecidos, mas também estamos trabalhando em estreita colaboração com outras instituições. Vamos compartilhar nossos números para que todos possam acessar as informações necessárias”, afirmou.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas