• 20 de julho de 2024

Neurologista Dr. Diego Dozza: “Já ouviu falar em cefaleia tipo Cluster”?

 Neurologista Dr. Diego Dozza: “Já ouviu falar em cefaleia tipo Cluster”?

A cefaleia (dor de cabeça) em salvas, ou também conhecida como cluster, é uma cefaleia estritamente unilateral associada a sintomas autonômicos cranianos ipsilaterais (do mesmo lado) e geralmente tem um padrão circadiano e circanual, isto é, possuem um padrão diário e anual. Esta é considerada uma das dores mais intensas que existem.

A dor muitas vezes ocorre simultaneamente com sinais ipsilaterais de desregulação autonômica, podendo ocorrer olho lacrimejante, congestão nasal e/ou rinorréia (corrimento nasal) e até mesmo miose e/ou ptose (queda da pálpebra superior).

Os ataques costumam ser de curta duração (15 minutos) ou às vezes de longa duração (3 horas) e, estranhamente, geralmente ocorrem à noite. Os ataques parecem estar associados a uma das fases do sono.

As cefaleias em salvas episódicas ocorrem em períodos que duram de 7 dias a 1 ano e são separados por pelo menos 1 mês de intervalo sem dor. As crises na forma crônica ocorrem por mais de 1 ano sem períodos de remissão ou com períodos de remissão com duração inferior a 1 mês.

Várias doenças, como carcinoma nasofaríngeo, meningioma esfenoidal, dissecção da artéria carótida, dissecção da artéria vertebral, adenoma hipofisário ou aneurisma, podem imitar esta dor de cabeça e precisam ser excluídos com exames adequados.

O tratamento é dividido em  sintomático/abortivo e preventivo/profilático.

No tratamento sintomático/abortivo se utiliza o oxigênio via máscara facial, sumatriptan subcutâneo e ergotamina sublingual. Este é realizado geralmente no hospital.

Para o tratamento preventivo/profilático é utilizado o verapamil e algumas vezes o carbonato de lítio.

Quando estes tratamentos não resultam em boa resposta, pode-se realizar o tratamento intervencionista com a radiofrequência do gânglio esfenopalatino ou a estimulação de nervo occipital.

Geralmente se obtém uma boa resposta terapêutica com o tratamento e o paciente consegue ter uma boa qualidade de vida. Se você tem dúvidas, converse com seu médico a respeito.

Locais de atendimento:
Passo Fundo – Rua Teixeira Soares 1117, sala 501, tel (54) 3622-2989/3622-2990
Palmeira das Missões – Rua Rio Branco, 989, Sala 301, Edifício Athenas, Centro – Tel (55) 3742-4909
Frederico Westphalen – Clínica Raimed, Rua Tenente Portela 435, tel (55) 3744-3100

Canoas Mais

Noticias Relacionadas