• 21 de fevereiro de 2024

Ministério Público do RS tem posse de novos promotores de justiça

 Ministério Público do RS tem posse de novos promotores de justiça

Onze novos promotores de Justiça, aprovados no 49º Concurso para Ingresso à Carreira do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, foram empossados nesta terça-feira, 12 de setembro, em cerimônia ocorrida no Auditório Mondercil Paulo de Moraes, na sede institucional do MPRS, em Porto Alegre. A sessão solene, realizada perante o Órgão Especial do Colégio de Procuradores, contou com a presença de autoridades, familiares e amigos dos empossados.
A secretária dos Órgãos Colegiados, promotora- assessora Juliana Bossardi, fez a leitura do termo de posse assinado pelos novos membros do MP. Logo após, Pedro Henrique Staudt Silva fez o juramento oficial, e Luiz Flávio Barbieri, falou em nome da turma.
Em sua manifestação, Luiz Flávio Barbieri relembrou a trajetória dos empossados durante a realização do concurso que começou ainda em 2020, antes da pandemia de Coronavírus e, em razão disso, levou mais tempo do que o habitual para ser concluído. “Numa decisão dolorosa, mas acertada, o concurso foi suspenso. A partir daí, pudemos assistir a uma atuação assertiva do Ministério Público do Rio Grande do Sul no combate aos problemas que essa pandemia estava causando. Preocupações com o distanciamento, mas com a manutenção da economia. Cuidados com a rapidez nas compras de equipamentos hospitalares e medicamentos, mas também com o afastamento de situações que pudessem gerar sobrepreço e corrupção”.
Em seguida, salientou a relevância da escolha profissional para quem, de fato, é o destinatário das ações do Ministério Público. “Entender que o Ministério Público é a instituição que pode ter que lidar com grandes processos, com demandas estruturais, com casos midiáticos, mas que o promotor deve manter a porta aberta até para a mais simples das reclamações. Que não vejamos os casos apenas como um número de processo, mas sim como uma história de vida que está em nossas mãos, depois de tantas outras mãos terem sido utilizadas para negar um direito básico de justiça”, sublinhou.
Luiz Flávio Barbieri terminou agradecendo aos familiares de todos os empossados. “Então, assim que eu encerrar esse discurso, eu vou pedir uma salva de palmas: por nós, que lutamos tanto para fazer parte desse momento; por todas as pessoas amadas que nos acompanham aqui hoje; e por todas as pessoas amadas que nos acompanham de algum outro plano, porque nós, todos nós, conseguimos”, finalizou.

Ao dar as boas-vindas aos novos membros do MPRS, o procurador-geral de Justiça, Alexandre Saltz, reiterou a importância do apoio familiar para que se possa alcançar uma aprovação. “Passados tantos anos de estudo, privações, dedicação e sacrifícios, que envolveram não somente vocês, mas também suas famílias, companheiros e companheiras de vida, que hoje celebram esta conquista com vocês, é chegada a hora de dar um passo importante em suas vidas: integrar o Ministério Público do Rio Grande do Sul, uma referência no Brasil, e fazer parte de uma instituição fundamental para a vida das pessoas”, disse o PGJ.
Em seguida, Saltz relembrou a própria aprovação, há mais de 30 anos. ”Lembro como se fosse hoje, o meu ingresso como promotor em dezembro de 1990. Havia uma sensação de medo, euforia e de não saber exatamente o que me esperava. Eu sempre digo a quem me conhece: faria essa escolha outras mil vezes”, afirmou.
E seguiu dizendo o quanto todos que integram a instituição se sentem felizes com a chegada dos novos promotores e promotoras de Justiça. “É sempre bom lembrar que todos aqui têm um desafio. E para que este desafio seja superado é necessário estar alinhado com os propósitos da instituição. E qual é este trabalho? É aproximar o Ministério Público das pessoas, é dar um lugar de protagonismo ao Ministério Público na comarca em que vocês atuarem. Vocês serão o rosto e a voz da instituição nestas cidades, para estas comunidades. Para muitas destas pessoas, vocês serão a esperança e até mesmo o conforto”, sublinhou.

NOVOS PROMOTORES

Tomaram posse, Luiz Flávio Barbieri, Pedro Henrique Staudt Silva, Thiago Loureiro Pires de Abreu, Gustavo Blumer Alves, Vitor Casasco Alejandre de Almeida, Maria Luísa Vieira Peretti, Bárbara Bisogno Paz, Andressa Maurente da Costa Garcia, Ana Claudia Duarte Nunes Ribeiro Silva, Lais Saboia Souto e Danilo Oliveira Carilli.

PRESENÇAS

Também compuseram a mesa de autoridades o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, representando o Governo do Estado; o vice-presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Alberto Delgado Neto; o subdefensor público-geral do Estado, Marcelo Candiago; o procurador-geral do Município, Roberto Silva da Rocha, representando o prefeito de Porto Alegre; a corregedora-geral do MPRS, Eva Margarida Brinques de Carvalho; os subprocuradores-gerais de Justiça Josiane Superti Brasil Camejo, Heriberto Roos Maciel, Luciano Vaccaro e João Cláudio Pizzato Sidou; a chefe de gabinete da PGJ, Raquel Isotton; o secretário-geral do MPRS, Gilmar Possa Maroneze; o ouvidor do MPRS, Mauro Henrique Renner; o procurador-chefe da Procuradoria da República no Rio Grande do Sul, Felipe da Silva Muller; o presidente do Tribunal de Justiça Militar, Amilcar Fagundes Freitas Macedo; o presidente da Associação do Ministério Público, João Ricardo Santos Tavares, também representando a Conamp; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção RS, Leonardo Lamachia; e a coordenadora da Secretaria dos Órgãos Colegiados, Juliana Bossardi.
Participaram da sessão solene os integrantes do Órgão Especial do Colégio de Procuradores Sérgio Guimarães Britto, Sara Duarte Schütz, Irene Soares Quadros, Armando Antônio Lotti, Gilberto Thums, Edgar Luiz de Magalhães Tweedie, Roberto Claus Radke, Roberto Bandeira Pereira, Altamir Francisco Arroque, Elaine Fayet Lorenzon Schaly, Ubaldo Alexandre Licks Flores, Heloísa Helena Zigliotto, Renoir da Silva Cunha, Sandra Goldman Ruwel, Ana Lúcia Cardozo da Silva e Carla Carpi Nejar.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas