• 4 de março de 2024

Leite recebe Aeromot para tratar da implantação de fábrica de aviões em Guaíba

 Leite recebe Aeromot para tratar da implantação de fábrica de aviões em Guaíba

O governador Eduardo Leite recebeu, nesta segunda-feira (3/4), no Palácio Piratini, representantes da Aeromot, empresa de tecnologia aeronáutica. Essa foi a primeira reunião realizada entre a atual gestão e a empresa. O grupo atualizou o governador sobre o andamento do projeto de implantação de uma fábrica de aeronaves no município de Guaíba, na região metropolitana de Porto Alegre. 

Em junho de 2022, o governo do Estado assinou um protocolo de intenções com a empresa, a fim de viabilizar a instalação do centro de montagem de aviões. A unidade industrial está orçada em R$ 300 milhões e deve gerar aproximadamente 1,3 mil empregos, sendo 500 empregos diretos e 800 indiretos. O Estado também cedeu uma área de 250 hectares, em Guaíba, para a execução do projeto. 

“Este é um projeto estratégico para o Estado. As reuniões anteriores foram conduzidas pelo governador Ranolfo. Então, eu fiz questão de convidar a Aeromot para me inteirar de todos os detalhes”, disse o governador. “Estamos à disposição. Queremos garantir que tudo saia perfeitamente. A empresa pode contar com o nosso apoio.” 

Conforme o presidente da Aeromot, Guilherme Cunha, as obras devem começar no início de 2024, e a primeira aeronave deve ficar pronta no fim do mesmo ano. “Esta unidade irá tornar o Rio Grande do Sul referência no Brasil, gerando emprego, renda e desenvolvimento para o Estado e para Guaíba”, ressaltou.  

Os executivos também apresentaram ao governador o projeto de construção de um complexo de tecnologia e pesquisa e entregaram a Leite um protótipo em miniatura da aeronave que deve ser produzida em Guaíba. 

A Aeromot (Aeronaves e Motores S/A) é a responsável exclusiva, no Brasil, pela distribuição e pelo centro de serviços autorizados da Diamond Aircraft, que fabrica diversos tipos de aeronaves. Hoje, a Diamond possui sede na Áustria e instalações no Canadá e na China. 

Também participaram da reunião os secretários da Casa Civil, Artur Lemos, de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo, de Inovação, Ciência e Tecnologia, Simone Stülp, e da Segurança Pública, Sandro Caron, além de parlamentares e do prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas