• 21 de fevereiro de 2024

Hospital de Clínicas de Porto Alegre celebra 10 mil transplantes realizados

 Hospital de Clínicas de Porto Alegre celebra 10 mil transplantes realizados

Nesta semana, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) chegou a marca de 10 mil transplantes realizados desde sua inauguração, que remonta à década de 70. Essa conquista não é apenas um número, mas representa 10 mil vidas impactadas e 10 mil famílias que receberam uma nova oportunidade.

Além disso, durante este tempo, o hospital capacitou e formou diversos profissionais da área da saúde, para atuarem na captação de órgãos e na realização de transplantes, os quais desenvolvem suas atividades em diversas instituições no país e no exterior.

A coordenadora-geral do Sistema Nacional de Transplantes do SUS, Daniela Salomão, expressou seus parabéns ao Hospital de Clínicas e suas equipes pelo marco dos 10 mil transplantes. Ela enfatizou: “são inúmeros profissionais que aqui trabalharam para dar o melhor de assistência para os pacientes que tinham como única opção o transplante. Uma honra para o Ministério da Saúde fazer parte deste momento”. 

O HCPA realiza diversos tipos de procedimentos, incluindo transplantes de coração, fígado adulto e infantil, pulmão, rim, córnea e medula óssea. Em 2023, até o dia cinco de outubro, o Clínicas já realizou 342 transplantes. 

O trabalho das equipes é tanto desafiador quanto gratificante. O chefe do Serviço de Transplantes do Clínicas, Roberto Manfro, compartilhou suas percepções: “10 mil transplantes representam muito esforço, dedicação e empenho. No entanto, mais do que isso, significam  alegria, por ter sido parte da vida dessas pessoas e de suas famílias, propiciando a elas uma vida mais plena e duradoura”.  

Os transplantes não apenas melhoram a qualidade de vida dos receptores, mas também podem fazer a diferença entre a vida e a morte para muitos deles. Por isso, é sempre importante lembrar que a doação de órgãos depende, além de hospitais e equipes médicas bem qualificadas, da conscientização e da decisão das famílias em momentos difíceis. É fundamental que as pessoas conversem com suas famílias sobre o desejo de serem doadoras de órgãos para que mais doações se concretizem e mais vidas possam ser salvas. 

A diretora-presidente do HCPA, Nadine Clausell, salienta: “essa realização do HCPA é um testemunho do compromisso contínuo em salvar vidas e melhorar a saúde de nossos pacientes. Agradecemos e parabenizamos toda a comunidade do nosso hospital. Desejamos que essa conquista inspire mais pessoas a se tornarem doadoras e a apoiarem essa causa nobre”.

Os dados consolidados do Clínicas em 2011 a 2022 mostram que foram realizados 5.027 transplantes no período:  97 de coração, 305 de fígado adulto, 151 de fígado infantil, 67 de pulmão, 1.406 de rim, 2.007 de córnea e 994 de medula óssea.

Foto  Nadine Clausell e Daniela Salomão (Clóvis Prates/HCPA)

Canoas Mais

Noticias Relacionadas