• 21 de fevereiro de 2024

Defesa Civil de Canoas realiza monitoramento em áreas ribeirinhas

 Defesa Civil de Canoas realiza monitoramento em áreas ribeirinhas

Conforme o Escritório de Resiliência Climática (Eclima), no sábado (18), até as 12 horas, foram contabilizados aproximadamente 82 milímetros de chuva em determinados pontos da cidade. A região do bairro São Luís registrou (58,4 mm), seguido do Mathias Velho ( 56,0 mm), Marechal Rondon (54,0 mm), Estância Velha (49,8 mm) e Rio Branco (48,4 mm). “O lado Oeste, onde tem a bacia do Rio dos Sinos, é a parte que mais nos preocupa em virtude das populações ribeirinhas”, salienta Aristeu Ismailow, Secretário-chefe do Eclima. Na segunda-feira (20) a defesa civil realizara ações humanitárias na cidade, principalmente na região da Praia do Paquetá e da Rua da Barca. Outras áreas ribeirinhas, como Prainha no Mato Grande, Fazendinha e Rua Berto Círio, também recebem a atenção dos agentes através de rondas. O acompanhamento das condições climáticas no município é feito em tempo real pelo Eclima.

Casos de emergência relacionados à cheia podem ser comunicados à Defesa Civil pelos telefones (51) 3476-3400 e (51) 99322-5764, assim como ao Corpo de Bombeiros, pelo 193. A Guarda Municipal (GM) de Canoas também está de prontidão no telefone 153, enquanto que os transtornos em vias podem ser comunicados à Diretoria de Trânsito, no número 156.

Os ginásios das EMEFs Paulo VI (Av. Irineu Carvalho Braga, 2781, Fátima) e Thiago Würth (Av. Rio Grande Do Sul, 4240, Mathias Velho) estão abertos para receber eventuais famílias desabrigadas ou desalojadas.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas