• 20 de julho de 2024

Curso de plantas medicinais ajuda na renda e é alternativa para profissionais da saúde

 Curso de plantas medicinais ajuda na renda e é alternativa para profissionais da saúde

O uso correto de plantas medicinais e condimentares foi tema de curso que aconteceu na segunda (17) e terça-feira (18), no Centro de Capacitação e Produção em Economia Solidária (Ccpes). Sob a coordenação da instrutora Simone Elenice Castelan, as aulas tiveram conteúdos teóricos e práticos, abordando a identificação e conservação das plantas, formas corretas de cultivo, medicina alternativa e traços culturais.

“Como medir a dose de chás para ter efeito: por folhas ou por dose de água diluída?”. A pergunta da professora Simone gerou debate entre as dez alunas do curso. Ela explicou que tradicionalmente as pessoas usam folhas frescas para as infusões, mas que nem sempre obtêm os efeitos desejados. “O correto é secar as folhas, cascas e frutos antes de usá-los. O princípio ativo das plantas melhora quando seco. Após a secagem, deve-se triturar as partes para, posteriormente, fazer os chás com medidas mais precisas, como peso em gramas ou com colheres”, explicou.

Para o secretário interino da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação (Smdeti), Daurinei Atl, o curso aproxima gerações e conhecimentos que formam parte das tradições de Canoas. “O Ccpes tem esse viés de aproximar a comunidade em temas que estão presentes no dia a dia. O uso correto de plantas ajuda na medicina alternativa e pode ajudar no complemento de renda e, principalmente, na saúde da comunidade”. 

O uso de plantas medicinais tem, entre as várias propriedades, de ser calmante. Para a psicoterapeuta Rejane Santana Erig, do bairro Nossa Senhora das Graças, o curso foi de grande valia para obter mais conhecimentos e poder aplicá-los em seus pacientes. “Atendo muitas crianças com autismo e suas mães. O conhecimento que obtive aqui eu posso compartilhar com as mães para poder dar uma alternativa que acalme os pequenos”, comentou.

Sobre o CCPES

O Centro de Capacitação e Produção em Economia Solidária (CCPES), localizado na Av. Rio Grande do Sul, 3462, Bairro Mathias Velho, foi criado em maio de 2012, por meio de uma parceria realizada entre a Prefeitura de Canoas, Fundação La Salle e o Fórum Canoense de Economia Solidária. O objetivo do espaço é contribuir para a capacitação e o desenvolvimento profissional da população canoense, estimular a criação de novas empresas solidárias e qualificar empreendimentos existentes no município.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas