• 20 de julho de 2024

Canoas tem aumento de 89,4% de chuva em junho em relação à média histórica do mês

 Canoas tem aumento de 89,4% de chuva em junho em relação à média histórica do mês

O sexto do ano apresentou um aumento de 89,4% no volume de chuva em Canoas, na comparação com a média histórica de junho. Segundo o Escritório de Resiliência Climática (Eclima), ao longo desses 30 dias, foram 247 milímetros (mm) de precipitações. Com base no estudo do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), em junho, a média para a cidade é de 130,4 mm.

O volume mais significativo foi registrado na sexta-feira do dia 19, com um total de 90,6 mm de chuvas. O acumulado, observado no bairro Centro, compreende o período de 24 horas.

Segundo o Eclima, o período monitorado refere-se ao primeiro mês após a enchente histórica que atingiu a cidade de Canoas, em maio. O mês de junho, habitualmente, costuma ser chuvoso no inverno gaúcho.

A ampla variação térmica em junho chamou a atenção dos institutos de meteorologia. O mês teve início com uma temperatura máxima de 32,7ºC, no dia 1º, e a mínima, de 2,1ºC, foi observada no dia 30. Portanto, junho começou com o dia de maior calor e encerrou-se com a data mais fria do período.

Texto e edição: Escritório de Comunicação

Canoas Mais

Noticias Relacionadas