• 19 de junho de 2024

Canoas anuncia início do pagamento do piso nacional da enfermagem

 Canoas anuncia início do pagamento do piso nacional da enfermagem

Sensível às reivindicações dos profissionais da enfermagem, a Prefeitura de Canoas anunciou, nesta sexta-feira (30), o início do pagamento do piso nacional da categoria a partir de julho. O comunicado foi feito pelo prefeito Jairo Jorge aos profissionais que participavam de mobilização em frente à sede da Secretaria Municipal de Saúde. Os pagamentos devem iniciar pelos técnicos da Fundação Municipal de Saúde de Canoas (FMSC).

“Todos serão contemplados gradualmente. Iniciaremos com os profissionais da rede básica e vamos atualizando o novo piso nacional em todos os equipamentos de saúde, conforme os repasses da União”, informou o prefeito.

Para equalizar os salários dos profissionais da FMSC, Prefeitura fará um investimento mensal de cerca de R$ 239,5 mil, a partir da competência de julho de 2023. Dessa forma, o valor será pago no quinto dia útil de agosto. A medida abrange os técnicos de enfermagem, tendo em vista que os enfermeiros da instituição já recebem acima do piso.

O piso salarial aprovado pelo Congresso Nacional foi de R$ 4.750,00 para enfermeiros e de R$ 3.325,00 para técnicos de enfermagem. Segundo o prefeito, os valores anunciados pelo governo federal para Canoas não cobrem o custo mensal do novo piso para todos os equipamentos de saúde da cidade, que passa a ser de aproximadamente R$ 4,5 milhões e, até o final do ano, alcança os R$ 29,5 milhões. A União deverá repassar no próximo semestre cerca de R$ 7 milhões, divididos em nove parcelas de aproximadamente R$ 783 mil.

Ao todo, Canoas tem 607 enfermeiros e 1.785 técnicos. O impacto mensal para o pagamento de todos os profissionais no município será de aproximadamente R$ 4,5 milhões, incluindo os da atenção básica (FMSC), os hospitais Universitário (HU), Nossa Senhora das Graças (HNSG) e Pronto Socorro (HPSC), as UPAs Guajuviras, Rio Branco e Caçapava, e os CAPS Amanhecer, Novos Tempos, Girassóis e Travessia.

Canoas Mais

Noticias Relacionadas